Megaman 11 – Ele voltou [Primeiras impressões]

Lançado em 2 de Outubro de 2018 para Playstation 4, Xbox One, Nintendo Switch e PC, Megaman 11 é o décimo primeiro título da série principal do Blue Bomber da Capcom.

Anos se passaram sem qualquer vestigio de um novo titulo de Megaman, tivemos Rock em Smash Bros U. e X em Marvel vs Capcom Infinite, e Mighty NO. 9 pelo criador de Megaman que foi um belo fiasco como jogo e sucessão espiritual, uma vez que a Capcom detem os direitos do robo azul e o trouxe ao melhor e autentico molde de onde surgiu, sidescroller e retro.

A primeira experiencia com Megaman 11 é gratificante porque quem jogou Megaman 3 vai ter tranquilidade aqui sabendo que além do buster, charge buster ainda vai contar com jump e o iconico slide, e os comandos são feitos do mesmo jeito que eram feitos antigamente, isso evidencia a autenticidade do jogo e como as coisas lá da década de 90 podem funcionar muito bem nos dias atuais.

Além do gameplay sidescroller classico contando com os comandos conhecidos, level design bem elaborado, gráficos que puxam muito para o cell shading dando enfase na vivacidade das cores e efeitos dos lasers de plasma, Megaman 11 introduz um sistema novo nomeado de Double Gears.

A Double Gears é nada mais que duas habilides novas que podem ser acessadas com o pressionar um de dois possíveis botões, usando o referencial PS4 se pressionar L1 é ativada a Rapid Gear que acelera um pouco as coisas dando mais chances de disparo e menos tempo entre cada disparo para Rock, e ao pressionar R1 é ativada a Slow Gear que faz com que tudo fique imerso a camera lenta e assim Rock consegue abertura para atacar inimigos especificos, o comum para as duas gears é que podemos ativa-las e desativa-las a qualquer momento, porém existe um limite, ou melhor dizendo, existe uma barra que representa o limite do Double Gear e caso essa barrase complete Rock entra em estado de superaquecimento e pré curto, então é preciso esperar um determinado tempo para que os circuitos se esfriem e possam reativar a Double Gear novamente.

Em suma Megaman 11 conseguiu trazer toda aventura e nostalgia dos clássicos títulos da série, incorporando tudo o que ja existiu na franquia principal, ainda criou mecanicas novas, sistema de design para cada poder obtido algo que é até então exclusivo do 11 e sensacional para o universo de Megaman como um todo. O título com nova engine gráfica e o gameplay classico que não revela quando o inimigo vai atacar por si só deixou Rock na frente de qualquer título atual, ja que até Spiderman se rendeu ao gameplay das revelações que facilita e tira o fator surpresa dos jogos.

Vale ressaltar que o título na Steam custa R$ 60,00, em consoles como Playstation 4, Xbox One e Nintendo Switch o titulo sai por R$ 150,00

Comente aqui...