JogosNewsSem categoria

Denuvo Processa Hacker Voksi

Nos últimos anos, um dos problemas que assolam o mundo virtual é a pirataria. Uma faca de dois gumes que divide opiniões e gera discussão nos mais diversos cantos da internet sobre os mais diversos tipos de propriedade intelectual no geral. Entre as empresas que produzem jogos não é diferente, sendo a preocupação maior em grande parte delas. E onde há demanda, há alguém buscando supri-la. Aí surge o Denuvo, sistema de DRM que visa proteger os jogos contra a pirataria, forçando a pessoa a comprar o jogo que queira jogar e mantendo-o preso ao sistema onde comprou, não podendo utilizar do jogo em separado (como os jogos do Steam que só abrem com o aplicativo, nunca sem).

Acontece que vários hackers (e empresas como a CD Projekt Red, dona do site GOG) discordam dessa filosofia, lutando para quebrar as proteções DRM e disponibilizar o jogo crackeado para quem queira. Um destes hackers, conhecido como Voksi. Quando o Denuvo estava com a moral lá em cima – quase nenhum jogo era crackeado – Voksi foi o responsável por quebrar a proteção e mostrar que era possível sim burlar o sistema. Denuvo ficou feliz da vida, claro. E agora, em parceria com a polícia da Bulgária, Voksi teve seu equipamento confiscado e ganhou junto algumas queixas formais e legais contra seus atos. Em uma postagem no Reddit, ele explica o que o ocorreu e termina com “Talvez mais alguém possa continuar minha luta”.

Certamente esse não representa o fim dos jogos pirateados ou da briga contra os DRMs, mas o time dos hackers sofreu uma baixa grande.

Etiquetas

Artigos relacionados

Comente aqui...

Fechar